Retomada entrega máquina de R$ 1,4 milhão para setor de confecção na cidade de Goiás

O governador Ronaldo Caiado fez a entrega, nesta sexta-feira (11/11), na cidade de Goiás, de uma máquina têxtil de corte automático adquirida por R$ 1,4 milhão. O equipamento será disponibilizado para o setor de confecção do município e é o quinto entregue pelo Governo de Goiás nesta gestão, como parte de uma estratégia para estimular a cadeia da moda que prevê investimentos de R$ 344 milhões em todo o Estado. 

Caiado foi recebido com entusiasmo pela população vilaboense e pela equipe da prefeitura, que será responsável pela manutenção da máquina. Ele acompanhou o primeiro corte de tecidos, feito com tecnologia a laser. “Eu fiz questão de estar aqui porque o grande desafio que nós temos agora é romper o ciclo da pobreza. E só se rompe o ciclo da pobreza dando educação para as nossas crianças e emprego para seus pais”, destacou o governador.  

A máquina do modelo Audaces tem capacidade para o corte de até 10 mil peças por dia, o que garante mais agilidade na fabricação do vestuário. Ela poderá ser utilizada por micro e pequenos empresários, por meio de locação por hora/corte, ao preço de R$ 70 a R$ 90 reais. O governo também pretende acompanhar a criação de uma cooperativa de costureiras, que será integrada ao projeto Cinturão da Moda, de produção e venda de roupa para lojas da região da 44, em Goiânia.

“A preocupação do governo é trazer emprego e renda para a região”, enfatizou o secretário da Retomada, César Moura. O gestor acrescentou que, ao contrário de outras tecnologias utilizadas no ramo de confecções, a Audaces garante um bom aproveitamento de tecido, o que reduz a quantidade de lixo têxtil: “É uma tecnologia limpa. Não vamos gerar nenhum tipo de poluente na cidade, que é patrimônio da humanidade”.
 
Desde o início da gestão Caiado, já foram entregues máquinas em Jussara, Trindade, Itaguari e Águas Lindas de Goiás. Outros cinco municípios devem ser beneficiados nos próximos meses. Para o prefeito Aderson Gouvea, a parceria com o Estado vai fomentar a economia local: “Aqueles que querem abrir um negócio no ramo de confecção, não só na comunidade vilaboense, mas em toda a região, poderão utilizar a máquina e contar com o apoio do nosso Banco Popular Solidário, ligado à GoiásFomento”, afirmou.

Qualificação
Além da compra da máquina, o Governo de Goiás está investindo na qualificação de mão-de-obra do setor, por meio de cursos gratuitos oferecidos pelos Colégios Tecnológicos (Cotecs), com apoio do Goiás Social. Na cidade de Goiás, 49 alunos já concluíram cursos de Corte e Costura e de Modelagem. Desse total, 11 também foram beneficiados com o Crédito Social e ganharam aproximadamente R$ 5 mil para investir no próprio negócio. 

Na ocasião, também foram distribuídos 15 cartões do Bolsa Qualificação, com repasse de R$ 250 reais mensais para que alunos possam cobrir as despesas com alimentação e transporte durante os cursos do Cotec. Além das modalidades Corte e Costura e Modelagem, há vagas para formações em Mídias Sociais, Marketing e Vendas. “As pessoas que fazem parte do Cadastro Único do governo federal têm dificuldade de arcar essas despesas. Então, nós ajudamos”, destacou Caiado.

Também estiveram presentes no evento o deputado federal Adriano do Baldy; a primeira-dama do município de Goiás, Célia Mendanha; a vice-prefeita Zilda Lobo; a ex-prefeita Selma Bastos; o presidente da Câmara Municipal, Sidnei do Master; e os prefeitos Lúcio Pires (Heitoraí), Rita de Cássia (Itaberaí) e Paraíba da Farmácia (Nova Crixás).

 

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.